AVIAÇÃO MILITARNOTICIAS

USAF emite RFP para substituir asas de 112 aviões A-10 Thunderbolt II

A Força Aérea dos EUA (USAF) emitiu um pedido de propostas (RFP) para substituir as asas de cerca de 100 unidades de suas aeronave de apoio aéreo aproximado (CAS) Fairchild-Republic A-10 Thunderbolt II.

Lançado em 25 de maio, o RFP do programa A-10 Thunderbolt Advanced Continuation Kitting (ATTACK) exige a reconstrução das asas de 112 aeronaves em cinco períodos anuais de pedidos, com a opção de mais dois anos depois disso.

Este esforço do ATTACK se soma às 173 aeronaves que foram atualizadas sob o Programa de Substituição de Asas (WRP) anterior, que decorreu entre 2007 e 2018, tendo a Boeing como contratada principal. Apesar do comunicado da USAF no meio do WRP de que iria aposentar prematuramente o A-10, considerou-se mais barato continuar com os contratos concedidos sob o apoio do Programa de Ciclo de Vida do A-10 Thunderbolt (TLPS) do que cancelá-los.

Falando no início de 2018, o chefe do Comando Aéreo de Combate (ACC), General James Holmes, disse que a USAF agora pretende manter uma frota de 285 aeronaves (a soma dos programas WRP e ATTACK) na década de 2030. Existem aproximadamente 350 aviões A-10 nos inventários da USAF, Reserva da Força Aérea e Guarda Aérea Nacional, embora um número já tenha sido enviado para a desativação na Base Aérea de Davis-Monthan, no Arizona.

Como plataforma legada, o A-10 é apoiado igualmente pela Boeing, Lockheed Martin e Northrop Grumman. As respostas ao RFP ATTACK são esperadas até 23 de agosto, com um contrato previsto para o ano fiscal de 2019 (FY 2019). O orçamento aprovado para o ano fiscal de 2018 inclui US$ 103 milhões para o projeto, enquanto US$ 79 milhões foram solicitados para o ano fiscal de 2019. Até o momento, nenhum financiamento para o ano fiscal de 2020 e além foi ainda identificado.

A emissão do RFP ATTACK é a mais segura indicação da intenção da USAF de reverter sua decisão de retirar o A-10, de modo a liberar recursos para o Joint Strike Fighter Lockheed Martin F-35A Lightning II (JSF).

 

fonte: FONTE: Jane’s via Aereo

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close