ECONOMIANOTICIASNOTÍCIAS MUNDOSem categoria

Tráfego aéreo cai 15,8% na Europa

As consequências da crise criada pela nuvem de cinzas expelida pelo vulcão islandês prejudicaram a recuperação da indústria da aviação. Esta é, pelo menos, a conclusão da Association of European Airlines (AEA) – que representa as 36 maiores companhias europeias -, segundo a qual só no mês de Abril o número de passageiros transportados caiu 15,8 por cento e a taxa de ocupação 13,5 por cento.

Segundo o relatório da AEA, as maiores quedas foram registadas pelas companhias BMI, 39,3 por cento; Adria Airways, 30,6 por cento; e SAS, 28,1 por cento.

Os números indicam ainda que apenas quatro transportadoras inverteram a tendência e contabilizaram um aumento no número de passageiros transportados: a Tarom Romania Air Transport, 39,6 por cento; a Ukraine International, 14,3 por cento; a Turkish Airlines, 9,7 por cento; e a Australian Airlines, 0,5 por cento.

Apesar das quebras registadas, Portugal foi dos países que menos sofreu com as cinzas vulcânicas, com a TAP a registar um decréscimo de 7,9 por cento no número de passageiros, a quarta quebra menos relevante a nível europeu, e de 2,3 por cento na taxa de ocupação.

FONTE: Publituris

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close