ECONOMIANOTICIASTECNOLOGIA

Soluções antifraude farão aéreas economizarem US$ 3,3 bilhões

A atual taxa de perdas de receita por fraude on-line gira em torno de 1,2%, porcentagem baixa, mas que se potencializa diante dos números da aviação comercial. Até 2020, as companhias aéreas venderão US$ 280 bilhões em reservas diretas na internet, o que significa perdas globais de US$ 3,3 bilhões e faz com que soluções de segurança virtual entrem cada vez mais em pauta. Foi pensando nisso que a empresa de tecnologia e meios de pagamentos Visa criou o relatório Global Airline Online Fraud Report 2018.

Hoje, sites de companhias aéreas já representam o maior canal de reservas (31%), seguido por agências de viagens, operadores e consolidadores (27%), OTAs (19%), call centers de aéreas (9%), aplicativos mobile e smartphones (7%). A relevância dos canais diretos demandam investimentos pesados das empresas na detecção automatizada e análise para reduzir as fraudes, segundo o estudo, coordenado pelo Phocuswright.

Outro ponto que ganha a atenção dos gestores das companhias é a diminuição das taxas de chargeback (restituição) de cartões de crédito.

“As aéreas estão fazendo um bom trabalho mantendo as taxas e os custos de fraude, mas eles devem aumentar a atenção e alocar recursos adequados, lançando uso de técnicas e tecnologias de ponta para esse combate”, analisou o vice-presidente sênior de Vendas e Soluções para Estabelecimentos na América Latina da Visa, Francisco da Rocha Campos.

Com o auxílio de tecnologias que ajudam na detecção de fraudes, o número de reservas que necessitam revisão manual caiu de 27% para 18%, desde 2014, sendo que cerca de 12% delas ainda são canceladas. Já na América Latina, esse número de revisões manuais sobe um pouco, para 20%.

O relatório da Visa conclui pela importância de soluções dessa natureza, responsáveis por fazerem as aéreas economizarem bilhões e com a justificativa de que custam menos de 0,5% da receita total das empresas.

 

fonte: panrotas

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close