ASA DELTASem categoria

Saiba como são as competições de asa-delta

Existem diversas modalidades de competições em vôo livre: permanência, pouso na mosca, distância livre, triangulação, goal direto, ida e volta e etc… Destas, as mais utilizadas em competições oficiais são as de triangulação, goal direto e ida e volta.

Nas provas de triangulação é estipulado um percurso passando por vários pontos de contorno finalizando no goal. Na prova de ida e volta, os pilotos têm que ir a um determinado ponto e retornar ao ponto de origem. As provas de goal direto, são uma corrida em direção a um determinado local. Para comprovar que cumpriram o percurso os pilotos deverão fotografar determinados objetivos em cada ponto de contorno (uma igreja, um trevo, uma ponte, etc…). Atualmente este método está sendo substituído pela comprovação via track log do GPS, que grava todo o vôo do piloto durante o percurso.

Em todos estes tipos de prova, vence o piloto que completar o percurso com o melhor tempo. O tempo de cada piloto é definido pela diferença entre o tempo do pouso e o tempo da decolagem ou largada.

No pouso, o tempo de cada piloto é fechado quando ele cruza a faixa de chegada. Já o tempo de decolagem ou de largada pode ser definido por três formas:

1- Elapsed Time –
Vale a hora em que cada piloto decola da rampa.

2- Starting Gate –
Neste método, os pilotos decolam e ficam aguardando no ar a abertura do portão de largada. Este portão é definido por uma grande faixa colocada no chão. Enquanto a faixa estiver simbolizando um “X” o portão está fechado. Quando este “X” vira uma “seta”, significa que o portão está aberto. Os pilotos deverão então passar sobre o portão e partir para o vôo. Este método também está sendo substituído pelo GPS

3- Race – Neste tipo de prova, é dado o mesmo tempo de partida para todos os pilotos. Este tipo de largada, só é utilizada quando se têm uma rampa bem grande e todos os pilotos podem decolar rapidamente.

A principal competição de asa delta no Brasil, é o campeonato Brasileiro, realizado em 4 etapas: Governador Valadares, Brasília, Andradas e Rio de Janeiro.

Já na modalidade de distância livre a principal competição é o “X-Ceará” que acontece há 5 anos em Quixadá, interior do Ceará, reunindo pilotos de mais de 20 diferentes países, gerando sucessivas quebras de recordes, sendo que em 1999 foi quebrado o recorde mundial de vôo duplo, com um vôo de 213kms.

FONTE: 360 graus

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close
Close