AEROPORTOSNOTICIASNOTÍCIAS BRASILSem categoria

Congonhas cresce nos envios aos árabes

As exportações brasileiras ao mundo árabe por meio do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, aumentaram expressivamente no começo deste ano. Elas passaram de US$ 23,4 milhões entre janeiro e maio de 2009 para US$ 109,6 milhões no mesmo período deste ano, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O crescimento foi de 468%.

O principal responsável pelo aumento foi o embarque de ouro. Dos US$ 109,6 milhões em produtos despachados aos países da Liga Árabe via Congonhas, US$ 106,4 milhões foram de ouro em barras e fios. O valor correspondeu a três toneladas. “O ouro é um produto de valor alto. Vale a pena envia por via aérea”, diz o secretário-geral da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Michel Alaby.

Além de ouro, também foram embarcados pelo aeroporto terminais portáteis de telefonia celular, ovos de galinha para incubação, calçados, medicamentos, peças em pedras preciosas, aparelhos para circuitos eletrônicos, autopeças, entre outros. Nenhuma destas mercadorias, no entanto, foi exportada em valor maior do que US$ 11 milhões. A venda de terminais portáteis de telefonia que seguiu via Congonhas alcançou de US$ 10,3 milhões e foi a maior, após o ouro. Os ovos para incubação enviados custaram US$ 2,9 milhões.

No mundo árabe quem recebeu as mercadorias via aérea foram Emirados, em maior volume, seguido por Egito, Arábia Saudita, Bahrein e Líbano. Os Emirados, porém, foram os grandes compradores, com US$ 122 milhões. “Os Emirados são um centro de produção de jóias. A mercadoria (exportada pelo Brasil) é matéria-prima”, explica Alaby. Apesar de ser enviada via São Paulo, os produtos que seguiram via Congonhas vieram de várias regiões do Brasil, principalmente Minas Gerais, Bahia, o próprio estado de São Paulo e Goiás.

O Aeroporto de Congonhas é um dos mais importantes do estado de São Paulo. Em 2009, segundo dados da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), 193.308 aeronaves operaram por meio do aeroporto. O local também foi via de embarque para 29,3 mil toneladas em cargas e de transporte para 13,6 milhões de passageiros.

FONTE: ANBA

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close