AEROPORTOSNOTICIASNOTÍCIAS BRASIL

Codemar divulga valor de embarque para operação offshore no Aeroporto de Maricá

A Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), empresa que administra o Aeroporto de Maricá, divulgou portaria que institui o valor do processamento de passageiros durante o projeto piloto em período de testes de operação offshore. O custo será de R$ 5 por passageiro e vale apenas para empresas operadoras do ramo. O período de testes vai ocorrer entre 1° de janeiro e 30 de junho de 2019 com seis meses de operação.

O valor inclui os serviços de utilização do Terminal de Passageiros (TPS), pátio e pista. As empresas que necessitarem do serviço de hangaragem deverão seguir as instruções da Portaria n° 98, de 05 de julho de 2018.

A portaria compreende o uso do aeroporto por aeronaves de categoria até “super médio” com número máximo de 100 passageiros/dia. A Codemar será a responsável pela gestão do processamento dos passageiros e inspeção de embarque e desembarque. A empresa investiu na qualificação profissional dos agentes que vão atuar nos canais de inspeção.

“O projeto piloto permitirá geração de renda para o município. A previsão é que para 2019 dobremos a arrecadação de ISS. Além disso, haverá uma reação em cadeia. Estas empresas que estão chegando irão precisar de mão de obra. Setores ligados a aeronaves – manutenção, limpeza, combustíveis, entre outros, ganharão espaço”, afirma José Orlando Dias, presidente da Codemar.

O Aeroporto de Maricá vai disponibilizar para as empresas que irão participar do projeto piloto toda estrutura do Terminal de Passageiros como sala VIP, sala de Revista, duas salas de Briefing com 28 lugares cada e área para check-in com painéis de informações sobre os voos das operadoras.

“Na cidade, a rede hoteleira, restaurantes, o comércio e outros serviços também serão beneficiados. A expectativa é que após esse período, que deve durar uns seis meses, tenhamos a operação total do aeroporto, com capacidade para transportar diariamente duas mil pessoas, e com isso gerar mais empregos”, completa José Orlando.

A empresa que contratar a operação piloto com quantitativo acima de 1.000 passageiros embarcados por mês, terá uma sala de aproximadamente 25m² disponibilizada pela Codemar, num total de quatro salas disponíveis, no Hangar Central, para serviços de escritório.

Com uma pista útil de 1.200 metros, o Aeroporto de Maricá possui um Terminal de Passageiros (TPS) com capacidade para receber dois mil passageiros/dia e totalmente preparado de acordo com as normas reguladoras para a operação offshore.

O equipamento fica numa localização privilegiada: a 60km da capital, 40km do Comperj, a 100km de Cabo Frio, a 128km de Búzios e a apenas 200km, em linha reta, dos campos do pré-sal da Bacia de Santos. Trata-se da menor distância entre o continente e as plataformas dos Campos de Lula e Libra, o que torna o terminal estratégico para as operações de logística para a atividade offshore.

As dúvidas podem ser tiradas no próprio aeroporto (Rua Jovino Duarte de Oliveira, S/N – Centro, Maricá) ou através dos telefones no site www.codemar-sa.com.br

fonte: Coordenação de Comunicação Prefeitura de Maricá

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close