AEROPORTOSAVIAÇÃO COMERCIALNOTICIASNOTÍCIAS BRASILNOTÍCIAS MUNDO

Boeing 737 cai logo após decolar de Havana; presidente cubano cita ‘grande número de vítimas’

Voo doméstico com 113 a bordo ia para Holguín.

Um avião da companhia aérea Cubana caiu pouco depois da decolagem no Aeroporto Internacional José Martí, em Havana, no começo da tarde sexta-feira (18). Segundo presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, 113 pessoas estavam a bordo da aeronave. “Parece que há um alto número de vítimas”, disse o presidente ao chegar ao local do acidente.

O jornal estatal “Granma” afirmou que há ao menos três sobreviventes em estado crítico.aeronave, um Boeing 737, levava 104 passageiros e nove tripulantes estrangeiros, e seguia para a Holguín, no leste do país. O avião era alugado de uma empresa estrangeira pela companhia aérea estatal Cubana. Ainda não há informações sobre a cidadania da tripulação.

 

O voo, identificado como DMJ 0972, teria cerca de uma hora de duração.

A queda ocorreu às 12h08, hora de Cuba, 13h08 no horário de Brasília. Testemunhas no local do acidente relatam que há sobreviventes, mas a informação ainda não foi confirmada pelas autoridades cubanas.

A Radio Habana Cuba informou que o avião caiu sobre uma estrada que liga Havana a Boyeros, próxima do aeroporto.

Testemunhas nos arredores relataram fumaça espessa na região do aeroporto. Jornalistas da agência de notícias AFP que estão a cerca de 100 m do local do acidente afirmam que a aeronave está destruída e em chamas. Segundo os repórteres, ela teria caído sobre uma área agrícola nos arredores do aeroporto.

Em declarações para a agência cubana Prensa Latina, a diretora de Transporte Aéreo, Mercedes Vázquez, afirmou que o avião era da empresa aérea mexicana Damojh, também chamada de Global Air, que realiza voos low cost e tem sua base em Guadalajara. Momentos antes,a TV cubana afirmou que o avião pertenceria a uma empresa italiana chamada Blue Panorama, que loca suas aeronaves para rotas nacionais na ilha caribenha.

O presidente da Corporação de Aviação de Cuba, Roberto Peña, anunciou que foram abertas as investigações para determinar a causa do acidente, segundo a Prensa Latina.

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close