AirbusNEGÓCIOSNOTICIASRolls-Royce

Airbus e Rolls-Royce assinam contrato de colaboração para a integração dos motores UltraFan

A especialização da Airbus na integração de unidades de propulsão desempenhará um papel importante na otimização dos ganhos de eficiência de combustível do demonstrador do motor UltraFan da Rolls-Royce

A Airbus e a Rolls-Royce assinaram um acordo de colaboração para a integração do demonstrador UltraFan® da Rolls-Royce para testes de voo. A demonstração das soluções de integração será financiada conjuntamente pelo Clean Sky 2, o programa de pesquisa da União Europeia focado no desenvolvimento de tecnologias de redução de emissões.

O UltraFan é um projeto de motor a jato escalável adequado para aeronaves de fuselagem larga ou de corredor único e oferece uma melhoria de 25% na eficiência de combustível em relação à primeira geração do motor Rolls-Royce Trent.

Um dos elementos do programa UltraFan é o planejamento para testes no solo e em voo e, para dar suporte, a Rolls-Royce assinou um contrato com a Airbus para fornecer integração de arquitetura e habilitadores de tecnologia tanto de nacela como de motor/aeronave.

As soluções de integração da Airbus desempenharão um papel importante na obtenção da melhoria geral da eficiência de combustível de motores de taxas mais altas de bypass como o UltraFan, por meio de arquitetura inovadora e tecnologias associadas.

“Este programa de desenvolvimento tecnológico juntamente com a Rolls-Royce é um projeto-chave para a Airbus abrir caminho para os sistemas de propulsão integrados de próxima geração que serão necessários para os clientes das empresas aéreas até o final da próxima década”, disse Axel Flaig, Diretor de Pesquisas e Tecnologia da Airbus. “Agradecemos ao programa de financiamento europeu Clean Sky 2 pelo seu forte apoio a este projeto, que é um dos principais contribuintes para as metas ambientais da ACARE (Conselho Consultivo para a Investigação e Inovação em Aviação na Europa, em tradução livre)”.

“Este é mais um passo na jornada do nosso motor UltraFan, e é ótimo poder contar com a experiência da Airbus para fortalecer ainda mais nossa capacidade de entregar este importante programa de desenvolvimento. Continuamos muito agradecidos ao Clean Sky 2 por seu reconhecimento contínuo dos benefícios ambientais que o UltraFan proporcionará”, disse Andy Geer, da Rolls-Royce, Engenheiro Chefe e Diretor do Programa UltraFan.

O UltraFan apresenta uma nova arquitetura de núcleo do motor e sistema de combustão de queima reduzida que contribuirá para melhorar a eficiência do consumo de combustível e reduzir as emissões, juntamente com um sistema de lâminas de titânio-carbono para a ventoinha e um invólucro de material composto que reduz o peso. O motor também apresenta um design com engrenagens para fornecer potência eficiente em altas taxas de bypass.

Para a Airbus, o projeto permitirá que ela integre completamente o sistema geral das unidades de propulsão – compostas de motor, suporte e nacela – em futuros produtos de aeronaves de longo percurso, além de facilitar a escalabilidade para futuras aeronaves de curto percurso. Ele também se baseará na especialização da Airbus em tecnologias avançadas de fabricação, como a manufatura aditiva de alta taxa de deposição, a montagem soldada e os termoplásticos de alta taxa de produção.

fonte: JeffreyGroup Brasil

Leia mais...

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close